FERRARI TEM PERDA DE POTÊNCIA E ABANDONA CORRIDA LOGO NO PRIMEIRO GRANDE PRÊMIO

Enquanto uns se dão mal logo na primeira corrida da temporada, outros comemoram e acreditam na conquista de muitas vitórias pela frente.

3/6/2023

No último domingo dia 05 de março, aconteceu a primeira corrida da temporada de Fórmula 1 no Bahrein e para esse início, temos de cara uma dobradinha da Red Bull. Onde sem muito esforço, Max Verstappen leva a melhor, o mexicano Sérgio Perez ocupa a segunda posição e para a surpresa de todos, Fernando Alonso que assim como fênix, renasce das cinzas levando a sua Aston Martini para a terceira colocação, chegando a ultrapassar George Russell, Lewis Hamilton e Carlos Sainz.

Já a Ferrari que teve uma ótima classificação no sábado, por conta de uma perda de potência, teve que abandonar a corrida, faltando apenas vinte voltas para o fim. "É muito difícil separar degradação e performance. Quando você é mais lento, você tem que forçar mais, aí você tem mais degradação", explicou o monegasco Charles Leclerc quando perguntado se o problema do carro no momento foi o desgaste de pneus.

A corrida foi marcada pelo domínio da Red Bull, onde Max Verstappen com o pé direito, abriu a temporada e conquistou a pole position, a vitória e o pódio. Max Verstappen, que conquistou a pole com uma volta de 1:28.200, venceu a corrida com uma vantagem de 20,9s sobre seu companheiro de equipe Sergio Pérez. Charles Leclerc da Ferrari completou o pódio em terceiro. Sergio Pérez, ficou em segundo lugar a 0,059s, enquanto o piloto da Ferrari Charles Leclerc ficou em terceiro a 0,119s.

Verstappen controlou a corrida do início ao fim, liderando todas as 57 voltas da corrida. Pérez também fez uma boa largada e pulou para o segundo lugar, passando Leclerc.

Outros destaques da corrida incluíram:

Fernando Alonso das Aston Martin, terminou em quarto lugar, o melhor resultado de sua equipe desde 2021. Alonso fez uma corrida brilhante, superando vários pilotos ao longo da corrida. A corrida também foi um bom começo para a temporada de Alonso. O veterano piloto espanhol mostrou que ainda está na sua melhor fase, em uma corrida que viu várias equipes lutando para acompanhar a Red Bull e a Ferrari.

Já George Russell da Mercedes, terminou em quinto lugar, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio da Hungria de 2022. Russell também fez uma corrida forte, terminando à frente de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton.

Após um 2022 bem difícil a Mercedes tenta recuperar o ritmo dos carros, mas o que ainda não foi possível ser visto durante esta corrida, onde Hamilton foi ultrapassado por Alonso e Russell foi ultrapassado por Lance Stroll que mesmo com os pulsos machucados após o acidente de bicicleta, fez uma ótima corrida. Tanto Lewis Hamilton quanto George Roussel, reconhecem que estão atrás da Red Bull, Ferrari e Aston Martin e precisam de mudanças em seus carros.

"Seria o sonho, mas não sei se é tão fácil assim fazer essa mudança. Mas vamos discutir isso em reuniões nesta semana", citou Hamilton.

O piloto da Alpine Esteban Ocon terminou em sexto lugar, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio da Hungria de 2021. Ocon fez uma corrida consistente, terminando à frente de seu companheiro de equipe Fernando Alonso.

A McLaren de Lando Norris terminou em sétimo lugar, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio da França de 2022.

Yuki Tsunoda terminou em oitavo lugar com sua AlphaTauri, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio do Brasil de 2021.

O piloto da Alfa Romeo Valtteri Bottas terminou em nono lugar, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio da Hungria de 2022.

E por fim a Haas, com Kevin Magnussen terminando em décimo lugar, o melhor resultado da equipe desde o Grande Prêmio da Hungria de 2021.

O Grande Prêmio de Fórmula 1 do Bahrein de 2023 foi um bom começo para a temporada de 2023 da Fórmula 1 e para a Red Bull que mostrou estar pronta para defender seu título de campeã, enquanto Verstappen mostrou que está pronto para conquistar seu terceiro título mundial. A corrida também foi um sucesso de público, com mais de 40.000 pessoas presentes no circuito de Sakhir. Foi a primeira vez que o Grande Prêmio do Bahrein foi realizado desde 2020, devido à pandemia de COVID-19. A próxima corrida da temporada, acontece em duas semanas, na Arábia Saudita o que é sempre uma caixinha de surpresas e fica difícil prever o que vem pela frente.

Foto: Site F1

Foto: Site F1