GUENTHER STEINER DEIXA A CHEFIA DA HAAS EM CARÁTER IMEDIATO

O chefe da Haas Guenther Steiner deixa o cargo em caráter imediato e é substituído pelo diretor de engenharia Ayao Komatsu

1/10/2024

Steiner que virou um ícone da equipe após assumir destaque na série Drive To Survive da Netflix liderava a equipe americana desde 2016 e é um dos chefes de quipe mais antifos, atrás de de Christian Horner e Totto Wolff.

No período de sua gestão a equipe Hass desfrutou de vários momentos importantes como pontos na estréia na Austrália, a primeira pole position no Brasil em 2023 e um quinto lugar no campeonato de construtores em 2018. Mas também contou com um ano não tão bom, onde em 2023 terminou em último lugar no campeonato de contrutores , perdendo 2 posições em relação ao ano anterior.

Após algumas discussões entre o italiano Steiner e o proprietário da equipe, Gene Haas durante o inverno, foi decidido que Guenter deixaria a equipe em efeito imediato.

O proprietário Gene Haas disse: “Gostaria de começar estendendo meus agradecimentos a Guenther Steiner por todo o seu trabalho árduo na última década e desejo-lhe felicidades para o futuro.

“Seguindo em frente como organização, ficou claro que precisamos melhorar nosso desempenho na pista. Ao nomear Ayao Komatsu como Diretor de Equipe, colocamos fundamentalmente a engenharia no centro de nossa gestão.

“Tivemos alguns sucessos, mas precisamos ser consistentes na entrega de resultados que nos ajudem a alcançar nossos objetivos mais amplos como organização. Precisamos ser eficientes com os recursos que temos, mas melhorar a nossa capacidade de design e engenharia é a chave para o nosso sucesso como equipe.

“Estou ansioso para trabalhar com Ayao e garantir fundamentalmente que maximizemos nosso potencial – isso realmente reflete meu desejo de competir adequadamente na Fórmula 1.”

Foto: Site F1

Foto: Site F1

Komatsu que tem mais de 20 anos de experiência na Fórmula 1 nas funções de engenharia e gerenciamento na British American Racing, além de uma longa passagem pela Renault antes de ingressar na Haas assumirá a responsabilidade pela estratégia geral da equipe com o objetivo de maximizar o potencial da equipe.

Komatsu disse: “Estou naturalmente muito entusiasmado por ter a oportunidade de ser chefe de equipe na Haas. Estando na equipe desde sua estreia nas pistas em 2016, estou obviamente investindo apaixonadamente em seu sucesso na Fórmula 1. Estou ansioso para liderar nosso programa e as diversas operações competitivas internamente para garantir que possamos construir uma estrutura que produza melhor desempenho na pista.

“No final das contas, somos uma empresa baseada em resultados e, obviamente, não temos sido competitivos o suficiente recentemente, o que tem sido uma fonte de frustração.

“Temos um apoio incrível da Gene e dos nossos vários parceiros – especialmente da MoneyGram, e queremos espelhar o seu entusiasmo com um produto melhorado e no caminho certo. Temos uma grande equipe de Kannapolis, Banbury e Maranello e juntos sei que podemos alcançar o tipo de desempenho que somos capazes.”