NORRIS BRILHA E CONQUISTA SUA PRIMEIRA VITÓRIA

Vitória incrível do Lando Norris, que com louvor e atualizações da McLaren como prometida, saiu da ala dos pilotos sem pódio. Ufa!!!

5/6/2024

Luz, câmera, ação. Quer dizer, luva, macacão e capacete. Apertem os cintos porque o espetáculo começou em Miami. Brincadeiras a parte, vamos combinar que corrida em Miami é um evento a parte, porque são tantas celebridades reunidas, que o GP se confundi com um set com direito a shooting e atuação de meme, o que torna tudo ainda mais divertido. Mas o foco aqui sem dúvida é falar que da Vitória incrível do Lando Norris, que com louvor e atualizações da McLaren como prometida, saiu da ala dos pilotos sem pódio. Ufa!!!

Em uma corrida emocionante e cheia de reviravoltas, o Grande Prêmio de Miami de Fórmula 1 de 2024 coroou o britânico Lando Norris da equipe McLaren como o grande vencedor. O momento crucial da prova foi a entrada do safety-car após um acidente entre Kevin Magnussen e Logan Sargeant. Norris, que estava em terceiro lugar na época, soube aproveitar a oportunidade para fazer um pit stop rápido e retornar à pista na liderança.

Sorte de principiante graças ao Safety Car? Nenhum pouco! O ritmo extraordinário e sustentado foram o que colocaram Lando no pódio, encerrando um jejum de triunfos da McLaren que durava desde 2021. Uma olhada na fase da corrida entre Verstappen indo para os boxes na volta 23 e o Safety Car saindo cinco voltas depois mostra Norris em seus antigos pneus médios rodando cerca de 0,3-0,4s por volta mais rápido que o novo Verstappen com pneus duros – e mais rápido que qualquer outro.

Max Verstappen, da Red Bull, cruzou a linha de chegada em segundo lugar, seguido de perto por Charles Leclerc da Ferrari, completam o pódio.

Sergio Pérez, companheiro de equipe de Verstappen, teve um desempenho abaixo do esperado e terminou na quinta posição. Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou um sexto lugar decente, enquanto Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, marcou pontos pela segunda corrida consecutiva, terminando em sétimo. Fernando Alonso e Esteban Ocon, da Alpine, completaram o top 10.

Foto: Site F1