Por dentro da F1

Por que o nome Fórmula 1?

Porque ela é a Fórmula principal. Simples assim! Mas para isso tem uma breve explicação que pode ser divida em duas partes: 'Formula' abrange o design do carro, tamanho do motor, uso de componentes e uma série de regras e exigências que todos os competidores devem cumprir, assim como todo e qualquer esporte. Já o 'Um' ou '1' simplesmente é porque é a fórmula principal.

Locais das corridas

Alguns esportes jogam estádios. Nossos 'estádios' abrangem cidades. Com 23 corridas em 23 locais incríveis em 5 continentes, a Fórmula 1 é verdadeiramente um esporte internacional.

Final de semana de corrida

O formato de corrida padrão acontece em três dias: sexta, sábado e domingo.

Na sexta-feira acontecem duas sessões de treinos de 60 minutos para as equipes possam ajustar seus carros e realizarem uma variedade de corridas com diferentes cargas de combustível e compostos de pneus, com uma terceira hora de treinos no sábado para ajustes de última hora.

Depois do treino final os pilotos seguem para a sessão de quali (qualificação) de três etapas. A primeira se chama Q1 e ela tem 18 minutos, onde os cinco pilotos mais lentos eliminados. Em seguida tem o Q2, que tem 15 minutos que define as posições 20-11 no grid. E por último, o Q3 final de 12 minutos que define os 10 primeiros pilotos do grid e a definição do poli position, que é quem larga na frente no domingo, dia da corrida.

O domingo traz a corrida em si, onde os pilotos lutam para marcar pontos e garantir um lugar no pódio.

Tempo de duração das corridas

As corridas geralmente duram entre uma hora e meia e duas horas, mas quando tem bandeira vermelha e tem a necessidade do Safety Car o pelotão precisa andar atrás desse carro obedecendo o limite de velocidade imposto por ele. Vale ressaltar também que dependendo da gravidade do que acontece na pista, também é utilizada a bandeira vermelha, o safity car e a corrida é paralisada. Cada corrida tem um número de voltas definida pelo tamnho do circuito e a velocidade dos pilotos quase sempre ultrapassa 205km por hora, execeto em circuitos de rua com é o caso de Mônaco, onde as ultrapassagens chegam a 260km.

Equipes e pilotos

Alguns esportes jogam estádios. Nossos 'estádios' abrangem cidades. Com 23 corridas em 23 locais incríveis em 5 continentes, a Fórmula 1 é verdadeiramente um esporte internacional.

Orgão regulador

A FIA, fundada em 1904, é o órgão regulador de uma série de competições de automobilismo em todo o mundo, incluindo a F1. Eles supervisionam os regulamentos técnicos, esportivos e financeiros, garantindo que os competidores cumpram as regras e estabelecem padrões de segurança rigorosos. continentes, a Fórmula 1 é verdadeiramente um esporte internacional.

Corrida Sprint

É uma corrida curta.

As sextas-feiras agora incluirão uma sessão de treinos seguida de uma sessão de qualificação padrão para definir o grid para o Grande Prêmio de domingo. Aos sábados, o treino será substituído por uma sessão de qualificação adicional e mais curta chamada Sprint Shootout. Isso definirá o grid para o próximo Sprint de 100 km.

Importância da Sustentabilidade na F1

Ao longo dos anos a preocupação com o planeta vem sendo gritante e a F1 vem se movimentando e abraçando a causa, trabalhando arduamente para ser Net Carbon Zero até 2030, buscando melhorias para o desenvolvimento de um combustível drop-in 100% sustentável – e como pode ser beneficico em um futuro próximo.

A Fórmula 1 tornou-se o primeiro campeonato de automobilismo do mundo a ter todas as equipes membros obtendo a Acreditação Ambiental Três Estrelas da FIA, o mais alto nível de reconhecimento de sustentabilidade ambiental do órgão regulador do esporte.

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA recebeu o credenciamento pela primeira vez em 2020 e, desde então, muitas das principais partes interessadas do esporte embarcaram em suas próprias jornadas para obter o credenciamento ambiental de três estrelas da FIA.

Guia de Pneus
Super Licença
Gírias da F1
Análises de Corridas